O que é?

Seleciona, desenvolve e acompanha alunos da Grande Vitória e de outras cidades do interior do ES, a partir do 8º ano do Ensino Fundamental até a conclusão do Ensino Superior, dando-lhe a oportunidade de uma formação acadêmica e humana de excelência. Atualmente, são atendidos 24 jovens de 14 a 18 anos.

Público Alvo

Alunos do 8º ano, 9º ano do Ensino Fundamental e 1ª série do Ensino Médio em escolas públicas e membros de famílias de baixa renda e de todas as cidades do Espírito Santo.

O ingresso no Programa é feito principalmente através da identificação dos alunos que se destacaram em olimpíadas escolares públicas, principalmente na OBMEP (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas).

São critérios para a seleção de alunos:

  • Estar cursando o 8º ano, 9º ano do Ensino Fundamental e 1ª série do Ensino Médio em escolas públicas de qualquer cidade do Espírito Santo;
  • Rendimento escolar superior a 70% nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática;
  • Assiduidade escolar acima de 90%;
  • Renda familiar de até 1,5 salário mínimo por membro familiar.

Após a inscrição, o candidato realiza processo seletivo composto por etapas eliminatórias.

História do Programa

Fundada em 2011 em Fortaleza, a Primeira Chance é uma organização não governamental, sem fins lucrativos e apartidária. No Espírito Santo, o Instituto Ponte é responsável pela execução do Programa desde 2015.

 

 

Como funciona?

Os estudantes selecionados participam de atividades complementares no contra turno escolar para o aprimoramento dos aspectos acadêmicos e humanos; curso de inglês em escolas de idiomas parceiras; além da oportunidade de serem bolsistas em escolas particulares com melhores resultados no ENEM do Estado.

Também são propostas atividades diversas, como visitas e acesso a espaços e serviços, que objetivam ampliar o repertório cultural e social dos alunos e contribuir para formação humana pautada em valores éticos e na cultura da excelência. Muitas ações são comuns ao trabalho realizado no Programa Bom Aluno Capixaba. Durante o percurso do aluno no Programa, ele recebe os materiais necessários relacionados a sua formação educacional (uniformes, livros didáticos, material escolar, vale transporte, etc.).

Os pais também são acompanhados e participam de encontros temáticos periódicos que visam o apoio e adaptação a nova realidade do filho e o crescimento familiar. Em cada etapa escolar são propostas atividades e projetos que visam potencializar o aprendizado e as habilidades dos alunos, atender suas necessidades tanto nos aspectos acadêmicos quanto humanos.

A entrada na universidade ocorre por mérito próprio do aluno, por meio da nota do ENEM em instituições públicas ou obtendo bolsas integrais (ProUni – Programa Universidade para Todos).